Vocês se lembram quando eu comentei aqui sobre o site www.crossdresser.com.br que ia fechar porque sua idealizadora estava bastante decepcionada com o público que escolheu para trabalhar: cds e sissys?

Pois é, Miss Tery recarregou as baterias e voltou a investir no projeto. Junto com o David Amorim, elaborei uma pequena entrevista para lhe dar as boas vindas e divulgar esse trabalho que eu acho, que há de fato essa lacuna em nosso universo.

Ela contou na entrevista que o animo para voltar veio daqui, dos leitores do blog. Legal, né?  Então vamos ajudar dessa vez, com mais força ainda para que ele permaneça.

 

0011
Miss Tery e Sra. Lúcia

 

Olá Miss Tery , feliz mesmo por você ter retornado com teu projeto porque eu gostei muito desde que o conheci.

Olá Rainha Frágil, querida de tantos anos. Muito obrigada! Sou sua fã há uns 9 anos… Você me ensinou que o BDSM pode ser leve e carrego essa lição comigo desde então. É um prazer poder falar do projeto Crossdresser aqui.

Eu que agradeço por nos responder prontamente. O que aconteceu entre aquele momento que você decidiu desativar o blog e os serviços e agora?

Aquele momento foi um misto de tristeza e raiva.  Eu tinha feito pesquisa de mercado, criado uma persona, como falam os profissionais, visto as necessidades… E achava que estava indo bem com a publicidade no meio. Só vi que eu tinha errado, com a divulgação, quando você, Rainha Frágil e algumas CDs me chamaram para dizer que nem sabiam do projeto…

Foram alguns meses turbulentos, na minha vida pessoal logo a seguir mas eu nunca esqueci o sonho de reativar o site.  Agora voltei com foco maior no marketing. Fizemos uma campanha forte no facebook e temos essa entrevista que temos certeza nos dará muita divulgação. E peço a cada CD, do RJ ou não, que fale sobre a gente. Essa ainda é a melhor propaganda…

Eu também analisei na época que o que lhe faltou foi maior divulgação. Mas dessa vez vamos todos ajudar!

Você diz no seu blog que o projeto tem como foco ajudar as CDs e Sissys a se produzir melhor, vestir, maquiar, etc. O foco ainda é o mesmo?

Sim, permanece esse e eu estou com outros projetos em mente. CDs e Sissys têm muitas dificuldades aqui no RJ para poder se montar e andar por ai. Como moro num sítio, esse processo pode se dar com mais liberdade do que em um quarto de motel.

Tenho maquiadores, e manicures disponíveis. No blog disponibilizo tutoriais de depilação, unhas e maquiagem, mas eles são voltados para mulheres. Eu e a Sra. Lúcia, queremos produzir um voltado para CDs mesmo. Um vídeo sobre como esconder a sombra da barba, afinar ou esconder a sobrancelha, como pintar unhas postiças. Mas precisamos de cds que topem mostrar o rosto para aquele efeito antes, depois que é tão incrível.

Pessoalmente, como você se envolveu com esse tema?

Bem , eu sou Domme , Sádica e Controladora.  (Esse meu lado vocês podem conhecer no blog: Mistress Madura )

Quando entrei para o meio eu não suportava CD. Na verdade, eu não entendia as CDs e não quis me aproximar até encontrar um amigo muito querido, o Barão de Saltos que teve a paciência de me mostrar aos poucos esse mundo e a transformação de homem para mulher.

Eu também não gostava. Quem me introduziu foi mesmo o Roger, meu marido. E agora eu acho encantador!

Pois é, ele aparecia na cam e perguntava se eu queria vê-lo de salto alto… Eu torcia a cara, mas dizia: “Vai, mostra!!”  Daí ele aparecia cada dia de um jeito. Um dia scarpin com meias, no outro cinta liga.

Conversávamos muito até que um belo domingo de sol, ele me perguntou o que eu faria naquele dia , eu disse que não tinha nada para fazer fazer e ele propôs vir em minha casa e se montar pra mim.  Ele veio. Chegou de menino., um lindo menino, por sinal. E se montou.  Brincamos muito porque ele também é masoquista e meu preconceito foi por água abaixo.

Depois dele, tive meu Loko…. E mais algumas CDs passaram por minha vida e  cada vez mais me encantava com suas histórias.  Ficava pensando em como deve ser difícil, para as Héteros, entenderem esse fetiche, quando despertavam.  Enquanto os amiguinhos jogam bola, soltam pipa, eles esperam a oportunidade de vestir a roupa da mãe ou de uma irmã. Na adolescência eles não entendiam porque gostavam de se vestir de mulher.. mas sem gostar de homens. Isso sempre me interessou muito…

A ideia surgiu mesmo por conta  da experiência e do fascínio que tenho por elas. Pelo psicológico de cada história que me contam. Por suas necessidades, que não são poucas.

Como você conceitua Sissies e CDs?

Vejo a Sissy, mais como uma “CD” empregadinha e submissa… ela, além de se vestir de mulher, quer e precisa servir. Já a CD não tem a necessidade de um papel no BDSM. Ela pode ser só CD, sem ser sub ou top. Quanto a orientação sexual é de cada um. Inclusive trans também são bem vindas.

Há diferença no atendimento?

A única diferença é que Sissy aprende a servir convidados em festas, por exemplo.  Levar uma bandeja com salto alto, não é fácil não viu??? rs

Rs… Roger que o diga!!
O blog tem um novo posicionamento? Você fez/fará alguma mudança?

O Blog pode mudar de cara o tempo todo. Eu sou web designer e adoro! Tinha escolhido um layout que ficou maravilhoso, mas não me dava opção de lateralidade. Onde coloco o e-mail, contatos…  Isso tudo estava muito escondido, mudei novamente.  Ainda procuro algo mais maduro, para colocar lá….

As outras mudanças é que vamos buscar parcerias com outros blogs e, pelo menos uma vez por semana a história de uma CD.  Há muita CDs novas que precisam conhecer a história das outras. Ajuda muito.

Que estratégias você está pensando para divulgação?

Facebook Ads, Google Ads.,  blogs sobre o assunto ou sobre BDSM.  Comunidades CD e Sissy.  E principalmente o boca a boca das meninas. Por enquanto bem devagar…. Mas essa é a nossa estratégia.

No blog você pede para as pessoas enviarem textos. Como a pessoa que quer colaborar deve fazer?

Devem enviar um e-mail para miss.tery.ds@gmail.com e  no assunto escrever  MINHA HISTORIA DE CD, com a sua história, a sua descoberta,  e se possível colocar algumas fotos.  Eu quero colocar uma história de CD por semana, como disse.. E preciso que elas queiram contar suas histórias.  Muitas Cds por aí estão ainda muito confusas com a descoberta desse fetiche em suas vidas. E elas piram um pouco. Bom saber que não estão sozinhas.

Fale um poucos dos projetos, novos artigos, serviços…

Temos o serviço de Coach de Estilo que ensina como a pessoa a se vestir, como ver seu corpo, conhecer seu corpo e o que combina com ele.  Muitas CDs dão banho nisso mas outras se perdem. O Coaching de estilo vai ajudar a CD a valorizar seu corpo. É um projeto INÉDITO pra CDs…

Temos também o Personal Shopper,  tanto para as CDs do RJ quanto virtual. Respondem algumas perguntas, enviam foto de corpo e a gente ajuda a montar um kit um kit com roupas e acessórios. Para as CDs do RJ, nós vamos as compras juntas. Para as que não estão aqui, escolhemos vários modelos, damos dicas de lojas, etc.

Estamos montando um estúdio bem completo com perucas, sapatos, peças de roupas. Será um studio bem parecido com o da Dudda Nandez, que infelizmente, pelo que me contaram,  acabou.. Me inspirei muito nela e em seu Studio para projetar o meu negócio.

Temos também o Chá de Lingerie: a idéia do Chá é fazer encontros bimestrais ou mensais, para que as CDs possam se montar e interagir. Fizemos um piloto grátis e estou prometendo mais 2 para logo.  Cada uma trazendo suas roupinhas. É um evento com número limitado de CDs. chajpg

No futuro, as Sissies que aprenderem a servir, participarão servindo nesses eventos. Poderão eventualmente encontrar alguma Domme convidada mas o Chá mesmo não tem práticas BDSM.

Imersão: temos como receber CDs para passarem alguns dias conosco totalmente imersas como CDs, participando como meninas o tempo todo, cotidianamente. Uma experiência fantástica.

Eu também ofereço imersão e, nossa, todos que fizeram amaram. É único para quem recebe também. Muito bom.E que bom que o programa de Coach vai continuar! Acho muito bacana!

Esse não vai faltar jamais. Sou certificada em Coach. É uma profissão nova, muita gente nem sabe o que é. Eu faço as pessoas serem felizes se encontrando com seu sonho e conquistando-os. Acho que as CDs precisam disso. Não só as CDs…

Todas as pessoas precisam de um coach uma hora em suas vidas.  Eu tive 2 coachs que foram muito importantes na minha vida. Um deles, ajudou com as minhas emoções, que eram um bocado de lixo que eu não jogava fora! A outra me deu a ideia desse negócio com CD,  me mostrando como eu poderia idealizar, criar metas,  e  realizar um sonho que estava numa gaveta há mais de 4 anos!  Quem quiser saber mais, é só mandar um mail que eu explico. Também sou Life Coach… Só chamar!

Todo mundo precisa. Eu preciso. : )
Onde a gente te encontra além dos blogs e e-mail?

Temos um chat especial para Cds e Sissies. Não queremos fakes, gente querendo programa. Não é grupo de paquera. O objetivo é interação entre sissies e Cds.

A sra. Lúcia tem um grupo chamado ABC do BDSM principalmente focado em liturgia, aquele o BDSM de uns 10 anos atrás. Tem umas feras lá que respondem dúvidas. Para participar, só chamar no Facebook.

Muito obrigada,  Miss Tery!! E use o espaço sempre que quiser divulgar alguma novidade. 

Bem, eu quero agradecer a oportunidade de estar nesse blog, que eu sempre cito e acompanho… E saber que pessoas de quem sou fã, acreditam no meu projeto.

Espero que as CDs, Sissies, Trans e quem mais se interessar, passe por lá! Comente. Eu sempre respondo. O blog tem um bom conteúdo on line e ótimas dicas… http://crossdresser.com.br/

O meu blog particular, já ficou lá em cima. Para subs também com assuntos bem legais e algumas de minhas sessões. Sou real, conhecida no meio BDSM aqui no RJ.

Obrigada as CDs que através desse blog, me deram o apoio quando eu surtei e fechei tudo. Devo a vocês o estímulo de voltar e encarar as dificuldades…

E à Rainha Frágil, eu agradeço imensamente a oportunidade de estar aqui contando sobre esse projeto,  que pretende ser grande.. e ótimo para as CDs.

Muita paz e luz para todas vocês, meu e da Sra. Lúcia.

 Vai dar certo !!  Beijãos pra vocês também!

 

 

Anúncios