cielo-2

Ando com preguiça do blog. É uma sensação passageira. Eu estou aqui há muitos anos e se você der um giro vai ver saltos de silêncio.

Estou bem. Muito feliz mesmo. Me sentindo abençoada de várias formas. A loja está indo bem. Levei um tropeço com a Cielo mas antes minha vida terminava quando me sentia injustiçada. Agora não. Tem como resolver? Sim? Resolva. Não? Foda-se.

Se entendi é justamente o que a Cielo alega: que as vendas aumentaram acima da média em novembro. Nos obrigam a pagar as falhas do sistema deles em controle de fraude. Já migrei para o PagSeguro no e-commerce.

Mas a máquina da Cielo na loja física eu ainda tenho um pouco de insegurança por me desfazer. São parceiros há mais de 15 anos.  Umas porcarias de parceiros pensando bem mas é onde me sinto segura. Nunca vi darem um passo maior em minha direção pelo tempo que estou com eles, assim como uma consideração especial. Mas vou trocar sim. Já estou pesquisando. As pessoas têm falado muito bem da maquininha da Pag Seguro.

A Cielo tem as antecipações que os outros não tem. Eu não tenho capital de giro. A empresa têm muitas dívidas ainda. E a Cielo foi a primeira a aceitar ser parceira da minha loja já que existia um grande preconceito em meu seguimento. Não sei se ainda existe e já pensei se a Cielo desta vez não se colocou na contra-mão de suas próprias regras. Será preconceito? Pode ser. Já sofri com instituições bancárias. Hoje não sei como está.

Uma vez, em algum programa sobre negócios um senhor falava sobre como ser bem sucedido. Alguém que teria vencido.  E a entrevistadora falava sobre como a empresa dele estava se sobressaindo no mercado, quantas pessoas empregava. Era uma empresa robusta. Mas o entrevistado a todo o tempo lembrava: “eu fali e voltei. eu consegui pagar minhas dívidas. Isso foi o mais difícil.”

E com que orgulho ele dizia isso…

Minha mãe precisou muito das pessoas e ensinou pra gente a importância do crédito. O quanto ela se orgulhava de ser eleita cliente preferencial no Mappin e na Mesbla. A vida toda de carnês. E ela comemorava cada ultima prestação.

Foi muito má administração no meu caso. Hoje consigo ver meus erros com clareza mas precisei refletir muito. Vários fatores alheios a mim também, claro. Mas conseguir ver os meus erros já me dá um gás enorme para o futuro. Para alguma coisa teriam servido os erros, afinal.

Ok. A boa notícia é que a Cielo não me quebrou porque o meu fluxo de vendas pela internet é irrisório. E realmente foi um aumento inesperado nas vendas. Mas eu tenho plantado isso. O meu atendimento é super bacana. Os clientes voltam. Indicam. E tá sempre melhorando. Espero! : )

Sei que não vou parar de cometer erros mas acho que com o tempo você vai errando mais perto do certo. Não são mais aqueles erros imensos, aquelas grandes cagadas…

São pedras no caminho e você aprende a driblar.

Enfim… Tava mandando notícias minhas. Aqui tudo bem então. Ainda não resolvi o problema com os palets mas ainda estou no prazo que me dei. Mas vou resolver no prazo. Me conheço demais.

: )

Anúncios