nTenho trabalhado muito. A menina que trabalha comigo afastou-se para fazer uma cirurgia. Além disso, comecei a fazer academia, fico com o corpo todo dolorido, mesmo assim, ta valendo.

Fim de semana de spanking com um monte de brinquedos novos que ganhei, e no fim, claro, sempre colorindo com a palmatória que a Rose me deu, a preferida. O spanking é de longe a prática que eu mais gosto.

Não sei explicar isso. Bem, a verdade é que ninguem sabe explicar direito da onde vem o prazer de quem domina. Eu digo que é absolutamente psicológico. Pra mim, é. O sacrificio do escravo me toca. Sensibiliza como uma carícia.

O spanking é instintivo. Voce não pensa em nada. Lembra aqueles artistas que parecem enlouquecidos. Quer dizer, eu pareço enlouquecida, né? Eles estão em processo criativo … Bem, paciência com os nomes das coisas… Mas me sinto assim. O chicote é como um pincel. Aliás, chicote, régua, chinelo, mão, palmatória, escova de cabelo, colher de pau. Vai o que tiver na mão. Sou artista do tipo excêntrica, rs.

Ideiafix todo orgulhoso ds marcas.
“esses romanos são loucos!”

Só não dá certo prá mim chicote de rabo longo. Naaa… Eu apanho na volta. Sempre. Bem que a Helga tentou me ensinar. Ela fazia piruetas com eles. Mas, não! Acho que é porque eu sou baixinha. E me machuca que nem cipó de arueira. Francamente, é um mistério pra mim que os escravos gostem disso.

Mas va lá. Ainda bem que alguem gosta!

To com sono agora. Amanhã mostro meus brinquedos novos.

Anúncios