“meninos vestem azul.
meninas vestem cor-de-rosa”

Qual o problema??

Você já reparou que mulheres podem vestir azul mas os homens não podem vestir rosa?

Sempre pensei que os meninos realmente não gostassem da cor rosa, Mas a verdade é que o rosa lembra a eles um monte de coisas duras , o rosa conta a nossa jornada de forma crua. “Essas pessoas que vestem rosa….”

O rosa, as bonecas, o bercinho de boneca, a mini cozinha representam sim o condicionamento a que as meninas são expostas desde que nascem. Por isso o rosa humilha os meninos. Eles são treinados para estar entre os que batem e não entre os que apanham.

É isso que é o machismo.

As mulheres podem vestir vermelho, azul, cor de rosa, roxo, preto. As mulheres até podem andar de mãos dadas, pode dormir na casa da coleguinha desde menina.

Ninguém se importa desde que vistam o “rosa” , que a casa esteja limpa, os filhos bem cuidados, as unhas lindas e cheiro bom quando o parceiro chegar. E acima de tudo entendam que estudar e desenvolver-se jamais deve estar entre suas prioridades. Prioridade é sempre o jantar do marido ou o banho nas crianças.

E o que isso tem a ver com BDSM?

Muitas vezes sou questionada sobre isso. Dizem que o jogo de feminização “forçada” é incoerente com o meu discurso feminista porque eu reproduzo machismo.

Não. Eu sou mulher. Não menstruo mais mas enfim, menstruava também como todas as mulheres. Um mulher do meu tempo, afinal. E buscando sempre mais liberdade.

Os homens feminizados fazem o papel de uma mulher muito, muito, muito submissa, capaz de se rastejar para que um homem qualquer fique com ela. Modelo de mulher que há muito anos deixamos de ser. Porém, além de sofrerem as mesmas torturas daquela época, o fazem da forma mais desajeitada possível, o que torna a prática ainda mais divertida para os amantes de disciplina.

Ou será um desejo de vingança que está há anos se perpetuando entre gerações e gerações de mulheres?

Young explica.

Young, né?? Ele que falava da consciência coletiva?
Tudo só sei por alto. Aprofundem à vontade. : )

Pode ser uma vingança sim. Mesmo que nem Freud explique.

De toda a forma é como brincar de polícia e ladrão, mamãe e papai… Eu brincava muito de Rainha e Escravo.

Aliás, pensei que todo mundo brincava disso quando criança…
Que nada, eu que inventei e não sei onde aprendi, rs
Sei lá, coisa que já vem com a gente!!

Uma mãe até proibiu a filha de brincar comigo. Acho que tinha alguma perversão. Não lembro. Sempre achei tudo muito natural. Mas os olhos dos pais sempre são diferentes. E convenhamos: acertam na maioria das vezes!

Na verdade éramos muito inocentes.
Brinquei de boneca até 15 ou 16 anos.

Era brincadeira mesmo. Igual mãe-da-rua , gato-mia, etc.

E veio comigo lá de onde eu vim que não faço a minima ideia de onde seja…

E eu gosto. Adoro ser obedecida, trancar em casa quando saio, colocar de castigo, dar uma sova. Tem sabor de vingança mas juro que é absolutamente lúdico.

É muito divertido.
E quem não ama um homem obediente, casto e manso, que atire a primeira pedra!!

: )