Andei sem computador.  Saudade daqui. Amo demais esse meu espaço.
Estava escrevendo esse texto mentalmente…

Sempre lembrando que FemDom não é sexista. Tudo aqui é puro tesão. É tudo consensual.
É tudo permitido. Se não for consentido não é BDSM, é abuso.

Mas pensemos… Existe alguma coisa mais linda do que um homem recatado, belo e do lar?Eu acho extremamente excitante.

Ah… Por favor!!

: )

Sobre ser recatado já conversamos muitas vezes:  cinto de castidade,  controle das rotinas, exigir um comportamento adequado de quem não esquece nem por alguns segundo que tem uma Dona. Que sabe que não marcar compromissos fora da rotina sem permissão da Dona. Um homem que responda ao convite dos amigos para um happy hour com um educado: “obrigado! vou ver com minha esposa/companheira/namorada” ou, se for mesmo valente,  dizer que pedirá permissão à sua Dona! (lindo!)

Com o tempo, com adestramento, tudo isso vai ficando muito natural para ele. Eu acho mentira essa coisa de dizer que homem precisa de sexo a todo momento. Acredite: homem precisa de controle! Basta deixar jogar futebol ou brincar de vídeo game vez ou outra para não estressá-los.  Mas sempre uma recompensa por bom comportamento.

Precisam aprender a focar o prazer na obediência. Que nada o deixe mais feliz do que obedecer cegamente sua Dona. Recatado, obediente, manso e feliz.

Belo

Sobre “belo” é você que define o que o tornará belo a seus olhos. Pense nele como um dominatrix-makes-sissy-husband-pretty_imagebrinquedo de montar que você faz o que quiser. Decide se quer pelos ou não. Se quer barba ou não. Decide a roupa que usa, se usa cueca, se usa calcinha, se faz as unhas, se usa avental, se não usa.  Se andará sempre nu.

 

É bom ensinar que sempre é você quem decide.

Quando ele estiver do jeito que você quiser, pode ser feminizado ou com um plug no rabo ou lá o que sua imaginação definir como constrangedor,  obrigue-o a se masturbar até quase gozar, então mande parar.  Faça isso sempre que ele estiver “belo”.  Será uma boa recompensa porque afinal você está permitindo que ele tenha algum prazer.

È interessante que ele seja incentivado a ter ereção sempre de forma constrangedora, assim vai vinculando o prazer a seus desejos, mesmo os mais loucos e inusitados.

E por fim… Do lar!!

 

Aqui precisa mais paciência, né? Precisa ensinar mesmo. Mas pense que quando estiver bem adestrado você poderá até dispensar empregada, diarista e não precisará fazer mais nada.

Primeiro ensine a atendê-la sempre que quiser. Eu tenho um sino desses antigos que uso para chamar meu marido e o eduquei para responder imediatamente quando chamo. E chamo para qualquer coisa, tipo que me traga água, que ligue ou desligue a tv (mesmo que eu esteja ao lado do controle remoto), que tire meus sapatos…

Foi bem difícil iniciar meu marido nos trabalhos domésticos. Ele nem teve uma educação muito machista mas é mesmo desajeitado. Para lavar a louça por exemplo usei uns pregadores nos mamilos e contornei a torneira com um fio, de forma a obrigá-lo a ficar em pé, em frente a pia, pois qualquer tentativa de fuga faria os pregadores soltarem rapidamente provocando uma fisgada pouco agradável.

Ensine a lavar roupas, especialmente aquelas que precisam ser lavadas na mão como delicadas lingeries. Utilize por exemplo um plug de tamanho razoável e só permita que seja tirado quando as roupas estiverem todas lavadas.

Ao inspecionar o serviço não tenha pena. Você está disciplinando, adestrando. Pode bater ou punir de várias formas. Esfregue o rosto dele na sujeira, coloque de castigo de joelhos em cima do feijão.

Para ensinar a cozinhar, permita ver tv apenas para programas de culinária. Na internet oriente para grupos nesse gênero também. Proíba tb para qualquer outra finalidade e como recompensa por um bom prato permita vez ou outra que veja um filme de sua escolha.

Se a cama não estiver arrumada como você gosta, bata até ele conseguir e depois mande dormir no chão. Se o vaso não estiver limpo o suficiente, urine em cima dele. Sem problema.

Não perca nenhuma chance de humilhá-lo. Quem sabe umas cuecas sujas do seu amante (se houver um) para ele lavar…

O ideal é que você crie rotinas com tarefas estabelecidas antecipadamente. É importante no início para não perder o clima e mantê-lo ligado. Meu marido tinha essa lista de tarefas. Vou ver se encontro em meus escritos mais antigo e publico posteriormente.

Não peça tarefas que ele não sabe cumprir ainda.  É devagar. Uma nova tarefa a cada dia.

E é prático. Ao final do dia é só sair cobrando mesmo.

Assim você terá um homem realmente adestrado. Belo, recatado e do lar!!

Anúncios