Outro dia bom…

Mas o guardinha da locadora que me paquerava acho que saiu de lá.

Qualquer hora pergunto dele. Tenho uma queda por moços fardados. Humm.. Tão legal virar um desses do avesso, ouxe.

Acho que ele me paquerava porque abria um sorriso lindo toda a vez que eu ia lá. Quando eu ia com o roger ele dava um sorriso mais discreto. Rs.

Aff, um moço fardado e um belo sorriso. Hummm…

Quem me ensinou a sorrir foi o roger. Ele sempre falava do meu sorriso. E tanto… Que quando ele tá perto eu acho de sorrir o tempo todo. E ele também. Acho que é essa a mágica da nossa relação. O “tchan” que todo mundo quer descobrir sobre a gente. É o riso! (E mais não digo! rs)

Isso dito assim, por um bipolar… Tsc tsc…

Me acusam logo de estar eufórica. Não. Euforia é riso frouxo, tolo. Gana. Esse riso que tô falando é riso assim gostoso. É fase. Que não sou boba alegre e já que fico triste com as sacanagens desse mundo. Mas a gente um dia ri, outro chora. A gente tá vivo, né?

Anúncios